Museu do Fado
siga-nos em:
Eventos
 
Reco do Bandolim & Grupo Choro Livre
Data de início: 2018-03-28

Reco do Bandolim & Grupo Choro Livre
Música Popular Brasileira
28 Março, quarta-feira, 19h30
Auditório do Museu do Fado

Entrada livre no limite dos lugares disponíveis.
Reservas para comunicacao@museudofado.pt ou 21 882 34 70.

Reco do Bandolim & Grupo Choro Livre lançaram recentemente o seu novo CD, com um repertório de clássicos da Música Popular Brasileira (MPB). São temas que integram o "set list" dos concertos internacionais da banda, que regressou há pouco de uma digressão por Boston, Washington e Nova Iorque. Além dos EUA, o grupo já actuou na China, Canadá, Áustria, Espanha, França, Alemanha, República Checa, Tunísia, Emirados Árabes Unidos, Argentina, Peru, Suriname, Uruguai e Cuba. Regressa agora a Portugal, para este concerto no Museu do Fado. 

Henrique Lima Santos Filho, o Reco do Bandolim, é baiano de Salvador. Chegou a Brasília ainda adolescente e participou de bandas de rock, nos primórdios do movimento musical que projectaria a cidade na década de 80. Mas a descoberta do bandolim e os discos do mestre Jacob Bittencourt despertaram-lhe uma paixão definitiva pelo Choro, e a guitarra foi definitivamente colocada de lado. Participou do grupo de fundadores do Clube do Choro de Brasília, em 1978, e forjou o seu estilo em rodas musicais ao lado dos mestres Waldyr Azevedo, Avena de Castro, Alencar 7 cordas, Armandinho Macedo e Pernambuco do Pandeiro. Presidente do Clube do Choro de Brasília e fundador da Escola Brasileira de Choro Raphael Rabello, Reco do Bandolim é ainda jornalista e radialista. Dono de um estilo refinado e de interpretações elaboradas, onde a emoção e a sensibilidade convivem com o requinte e o virtuosismo, Reco declara-se eterno discípulo de Jacob do Bandolim. Tem quatro discos gravados, dois pelo sector de pesquisas do Banco do Brasil e dois independentes, entre os quais se destaca este "Reco do Bandolim & Choro Livre", com mais de cinco mil cópias vendidas. A versão de "Retratos – Pixinguinha", do mestre Radamés Gnatalli, que integra este álbum, foi escolhida para figurar num disco que reúne as dez maiores interpretações de bandolinistas brasileiros.

O grupo é formado por Reco do Bandolim (bandolim), Fernando Cesar (violão de 7 cordas), George Costa (violão de 6 cordas), Marcio Marinho (cavaquinho) e Valério Xavier (pandeiro).


< voltar