Museu do Fado
siga-nos em:
Personalidades
 
Natalino de Jesus
( 25 Agosto, 1954 )
No seu trajecto passou por algumas das mais emblemáticas casas de Fado de Lisboa, tais como a Adega Mesquita, a Taverna D´El Rei ou a Severa. De modo mais esporádico cantou na Parreirinha de Alfama, Faia, Lisboa à Noite, Luso e Adega Machado, locais onde conheceu algumas das figuras mais marcantes do universo fadista, e que Natalino ainda hoje recorda com saudade, como Manuel de Almeida, Fernando Farinha ou Fernando Maurício.

Nascido e criado no bairro da Madragoa, Natalino de Jesus conviveu de perto com todo o ambiente fadista de um dos mais típicos bairros populares de Lisboa. Desde muito cedo que a sua paixão pela cidade, as suas cores e tipos, as varinas, ou as marchas populares, estão bem patentes na forma singular como interpreta. A sua ligação à cidade está bem presente no facto de ser inúmeras vezes padrinho das Marchas Populares de Lisboa, em representação dos bairros da Madragoa, Mouraria ou Bairro Alto.

Durante a infância e adolescência começou por cantar em espectáculos de fado nas colectividades e retiros do seu bairro e, apesar de o fado ser sempre uma constante na sua vida, só em 1985, quando se sagra vencedor do concurso A Grande Noite, com o consequente reconhecimento e aumento de concertos, decide iniciar uma carreira artística profissional.

No seu trajecto passou por algumas das mais emblemáticas casas de Fado de Lisboa, tais como a Adega Mesquita, a Taverna D´El Rei ou a Severa. De modo mais esporádico cantou na Parreirinha de Alfama, Faia, Lisboa à Noite, Luso e Adega Machado, locais onde conheceu algumas das figuras mais marcantes do universo fadista, e que Natalino ainda hoje recorda com saudade, como Manuel de Almeida, Fernando Farinha ou Fernando Maurício.

Para além de vários discos de vinil e cassetes que Natalino gravou a partir de 1985, edita com a Movieplay, em 1996, o seu primeiro CD – “Natalino de Jesus”. Seguem-se o CD “Quero ser como sou”, em 2001, o “Fado para Dois”, projecto conjunto com Lenita Gentil, gravado em 2002, O CD “Fado à Solta” de 2007, o “Fado para Dois – 2”, novamente com Lenita Gentil, gravado em 2011 e o CD “Este Meu Fado”, onde conta com a colaboração do músico Rão Kyao.

Nos 30 anos da sua carreira, Natalino tem actuado junto de diversas comunidades portuguesas no estrangeiro, sendo de destacar os espectáculos em Angola, República Democrática do Congo, Estados Unidos, Canadá, França, Alemanha, Irlanda, Holanda, Inglaterra e Espanha. Também em território nacional Natalino tem passado por diversos palcos e realizado inúmeras apresentações na televisão, tendo recentemente actuado num espectáculo realizado na Aula Magna (2013) e partilhado o palco com Lenita Gentil para apresentação do projecto “Fado para Dois”, em 2014 no CCB.

Selecção de fontes de informação:
Museu do Fado - entrevista realizada em 29 de Agosto de 2006.
Dados fornecidos por Natalino de Jesus

Última actualização: Janeiro/2016



stqqssd
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            
em destaque...