Ao utilizar este site, concorda com o uso de cookies de acordo com a nossa Política de Cookies.

concordo

14 Setembro, 2012

Histórias Digitais

img

Começou esta semana a formação em Histórias Digitais promovida pelo Museu do Fado. Destinada a professores de todos os graus de ensino, o fado é o ponto de partida. Cada participante contará uma história pessoal partindo das reflexões suscitadas pela exposição permanente e obras do Museu do Fado.

Será usada a metodologia de “digital storytelling” que parte de uma utilização criativa e humanizada da tecnologia para potenciar a criação de laços entre as pessoas, a partir da exploração dos seus diversos pontos de vista. No final, cada formando terá construído uma pequena história que reflete um momento da sua vida e a sua relação com o fado, juntando imagens, música e voz. 

Procura-se desta forma desmistificar o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) e capacitar os professores para a sua utilização na sala de aula. Serão ainda discutidas as múltiplas aplicações possíveis das histórias digitais no contexto escolar, numa perspetiva de inovação dos processos de ensino e de aprendizagem.

O “digital storytelling” começa a ser usado nas salas de aula um pouco por todo o mundo e já demostrou, entre outras vantagens que: 

 

• Facilita a organização e estruturação de ideias

• Capacita para os atuais modelos de comunicação digital

• Potencia a capacidade de investigação e pesquisa

• Reforça o espírito crítico e reflexivo

• Ilustra de forma criativa os currículos

 

Com duas dezenas de professores inscritos, a formação é assegurada pela Mediashots e decorre até ao início de Outubro no Museu do Fado.