Ao utilizar este site, concorda com o uso de cookies de acordo com a nossa Política de Cookies.

concordo

27 Fevereiro, 2015

Fernando Alvim (1934-2015)

img

Até Sempre Mestre Alvim!

Fernando Alvim faleceu hoje em Lisboa, aos 80 anos.

Músico de formação clássica (violoncelo e guitarra), aos 14 anos viu Amália no Café Luso e decidiu dedicar a sua vida ao Fado, a par do Jazz, da Bossa Nova, do Rock e de outros géneros musicais. 

Versátil mas discreto, Rui Veloso chamou-lhe a “sombra” e outros “herói oculto” e “almofada discreta”. E Rui Vieira Nery considera-o o “alicerce sobre o qual as coisas mais extraordinárias se podem construir”, como as cumplicidades, musicais e pessoais, e as harmonias que criou com Carlos Paredes.

Até meados do mês de Março o Museu do Fado exibe o documentário "Azul Alvim", da autoria de Margarida Mercês de Mello, no espaço de exposições temporárias.

 

Foto Naná Sousa Dias